Dias 25 e 26 de janeiro vai rolar, na Chapada da Diamantina, o primeiro Festival de Boulder da Bahia. O evento busca incentivar a prática dessa modalidade e mostrar as belezas naturais e históricas da região de Igatú.

Este é o primeiro Festival de Boulder do estado e tem como objetivo divulgar o esporte, fomentar turismo de aventura na região e incentivar a prática da escalada. O evento é destinado a escaladores e montanhistas de todo o Brasil, principalmente quem curte boulder. Além dos esportistas, o festival também tem espaço para quem quer apenas observar, curtir a vibe do evento e até mesmo fazer turismo pela Chapada Diamantina.

Festival de Escalada Igatubolder

Cartaz de divulgação

O festival inclui na programação a apresentação dos setores de boulder e escalada da região, caminhadas pelo patrimônio histórico e natural da cidade e ainda roda de capoeira.

Também com uma preocupação social, o evento convida os participantes a tomarem parte na campanha “Bote sua sapatilha para escalar” que incentiva a doação de sapatilhas para a comunidade local. A região possui, desde 2009, uma escola de escalada e montanhismo, mas sofre com a falta de incentivos. Essa campanha é realizada em uma parceria da 4climb com as Lojas Adrena.

Marquinhos Soledade mandando ver nos boulders de Igatú.

Marquinhos Soledade mandando ver nos boulders de Igatú.

LP Silva, junto à cachoeira da rosinha.

LP Silva, junto à cachoeira da rosinha.

Programação

Dia 25/01/2013
Inscrição: das 07h30 às 14h – Na Galeria Arte e Memória
08h – Saída para os Setores de Escalada
10h – Saída da Caminhada Ecológica
16h – Oficina de Segurança em Boulder com Atleta Rafael Passos

Dia 26/01/2013
08h – Saída para os Setores de Escalada
10h – Saída da Caminhada Patrimonial
16h – Roda de Capoeira com o Grupo Esquiva
18h – Entregas das sapatilhas arrecadadas na campanha Bote Sua Sapatilha para Escalar
Sorteio de brindes aos inscritos.
E pra finalizar DJ.

Sobre Igatu

Igatú, situada na Chapada da Diamantina, vem se firmando como um dos lugares mais promissores para a Escalada em Boulder do Brasil. Atualmente a região conta com mais de 100 vias esportivas! Com isso a cidade tem recebido escaladores do Brasil e do mundo e, hoje em dia, pode ser considerada uns dos três melhores lugares para a prática desse esporte no país.

Mas não só de esportes radicais vive Igatú! Antes mesmo de o boulder ter ganhado destaque no Brasil muitos turistas já buscavam conhecer a cidade, mas por outro motivo: seu patrimônio histórico. Igatú, também conhecida como a Machu Picchu baiana, é tombada pelo IPHAN (Instituto  do Patrimônio Histórico Nacional). O cenário que se encontra hoje, em uma parte da vila, é feito de casas de pedra há muitos anos abandonadas. São vestígios da primeira fase do garimpo quando, durante o século XIX, os diamantes da região atraíam milhares de garimpeiros em busca das pedras preciosas. Com o declínio da atividade do garimpo, a cidade, que chegou a comportar cerca de 9000 habitantes, acabou sendo abandonada e restaram apenas as pedras das construções para contarem essa história que hoje é preservadas pelos cerca de 300 moradores locais, muitos deles trabalhando com ecoturismo na região.

 

a

Ruínas da cidade de Igatú

Serviço

O que: Festival de Escalada Igatuboulder
Quando: 25 e 26 de janeiro
Onde: Igatú, na Chapada da Diamantina – Bahia
Quanto: R$20 a inscrição
Mais informações: LP Silva

About The Author

Porto Alegrense, formada em turismo, amante da natureza e de qualquer aventura que apareça pela frente, desde que não tenha nenhum boi no meio do caminho. Seu objetivo de vida é perambular pelo mundo com uma mochila nas costas, uma máquina na mão e um bloquinho a tiracolo, registrando tudo que vê pela frente para depois compartilhar com outros aventureiros.

Related Posts

Leave a Reply

Your email address will not be published.