Tem algumas cenas de esportes de aventura que, quando a gente vê, precisa assistir mais de um vez para acreditar. O surfista havaiano de ondas gigantes Patrick Shane Dorian é um dos protagonistas dessas cenas.

Pena que ele não saiu surfando desse tubo, mas aí está uma das coisas que mais fascina no surf de Dorian: o cara escapa de caldos impressionantes. “Ele é louco. Já surfou ondas que poderiam tê-lo matado, mas ainda está disposto a se colocar na mesma situação e pegar algo maior e mais pesado do que qualquer um já tenha surfado”, define Kelly Slater, 11 vezes campeão mundial de surf.

Brock Little, amigo big rider, diz que o cara é a soma de um surfista incrível com um cara maluco, e com isso justifica o fato de Shane ser o melhor surfista de ondas grandes do mundo. Mas apesar dos comentários dos colegas de onda e do apelido Insano Shane, Dorian tem seu lado pé no chão. Com 40 anos recém completados em 19 de julho, ele é casado e tem dois filhos. Bicampeão do Global Big Waves Awards (“Oscar do surf de ondas grandes”), Shane Dorian tomou uma vaca em fevereiro de 2010, nas perigosas ondas de Mavericks – Califórnia, que quase o traumatizou.

Situações como essa levaram Shane a buscar medidas que reduzissem os riscos do surf de ondas grandes.
“Sempre imaginei que devia ter algo para ficar mais seguro, considerando minha família e tudo mais com o que me preocupar”, avalia sobre a tensão entre o que faz e a vontade de estar sempre presente para sua família. A busca de Shane por mais segurança resultou no desenvolvimento de uma roupa de borracha com um mecanismo que infla uma bolsa de ar ao puxar uma corda. A roupa foi elaborada em parceria com a Billabong e ajuda o surfista a emergir rapidamente.

“O design da roupa é muito simples, na verdade. Acrescentamos um grande bolso com zíper na parte de trás do colete para abrigar a bexiga, que está ligada a um compressor de ar e cartucho de gás carbônico encaixados entre os ombros. Uma corda que passa por cima do ombro é puxada em direção à parte superior do tórax. Apenas puxe como um paraquedas e você irá subir”, explica Hub Hubbard, o designer das roupas de borracha da Billabong.

A roupa o fez ir até Jaws, Hawaii, muito mais confiante e seguro para quebrar o recorde mundial de maior onda pega na remada, um “monstro” de praticamente 17 metros de altura. Como se não bastasse, depois do drop, Dorian ainda colocou pra dentro do tubo. Façanha que lhe garantiu o prêmio em duas categorias – Monster Paddle e Monster Tube -, do Billabong XXL Big Wave Awards 2011.

Dorian afirma que os surfistas que curtem grandes ondas querem puxar o limite, mas também querem poder estar do lado de fora depois. “Quero que todos os meus amigos estejam mais seguros. Quero que todos eles voltem para casa com suas famílias todas as noites. Estou animado com este novo avanço que acabamos de criar”, completa o havaiano em referência a roupa com bolso de ar.

Fonte:  Revista Fluir Edição Especial 28 anos e Focosurf

About The Author

Estudante de Engenharia Ambiental, amante dos esportes aquáticos como surf, mergulho e outros. Tudo fica mais fácil na companhia de bons amigos.

Related Posts

Leave a Reply

Your email address will not be published.