“Não se trata de ser o mais rápido, o mais forte ou maior. Trata-se de sermos nós mesmos”, assim que o ultramaratonista Kilian Jornet define a sua motivação para realizar o Summits Of My Life. Um desafio pessoal, que o levará ao topo de montanhas como Mont-Blanc, Aconcágua, Matterhorn, Elbrus e Monte Everest. Tudo isso correndo, é claro.

Summits Of My Life

Kilian já ganhou de tudo, incluindo vários campeonatos mundiais em esqui alpino, o Grand Reunion 2010 e o Ultra Trail Mont Blanc, por 3 vezes (2008, 2009 e 2011). Também já ganhou o campeonato mundial de Skyrunning, em 2008, 2009 e 2010, e detém o recorde mundial da subida e descida do Kilimanjaro (5h 22m subindo e 7h 14m descendo). Nas suas contas, Jornet corre cerca de 7 mil quilômetros por ano e pedala outros 6 mil.

Agora, ele embarca em uma nova aventura, algo que irá pôr à prova a sua capacidade física, técnica e mental. Ele quer conquistar uma série de montanhas de uma forma nunca antes tentada, correndo. Apesar da proposta de completar todos esses picos correndo, Kilian deixa claro que o objetivo do filme não é a quebra de recordes, mas a transmissão de valores. Ainda segundo ele, as escaladas aos cumes correndo “foi apenas uma forma que encontrou de estimulá-lo a buscar os limites dentro de si mesmo”.

A ideia surgiu em meados de 2010 ,no maciço do Mont Blanc, onde Kilian fez duas viagens pelas montanhas, atravessando o maciço de leste a oeste (Champex a Contamines) de ski, e depois, do sul ao norte (Courmayeur a Chamonix) escalando e correndo. Ambas rotas inéditas. Agora, o projeto Summits Of My Life deve continuar pelos próximos 4 anos, com a tentativa de bater recordes mundias no Monte Elbrus e no Matterhorn, e também de fazer o mais rápido possível o Mont Blanc, o Monte Mckinley e o Aconcágua, antes de culminar na derradeira expedição ao topo do mundo, o Monte Everest

Summits Of My Life

Summits Of My Life

Para dirigir a produção, Kilian tem ao seu lado seu amigo pessoal Seb Montaz. Considerado como um dos criadores de imagem mais talentosos nas montanhas e célebre pela produção do filme “I belive, I can fly”, Seb conta um pouco sobre como é dirigir o documentário Summits of my life.

Se você se interessou e quer saber ainda mais detalhes e curiosidades sobre o projeto, o próprio Kilian Jornet oferece maiores explicações nesse vídeo e também responde algumas perguntas de internautas no final.

About The Author

Não se conforma com um dia de apenas 24 horas. Entre faculdade, trabalho e MundoCrux, ainda encontra tempo para remar, correr e pedalar. Já pedalou por 6 países da América do Sul e ainda sonha dar a volta ao mundo de bicicleta.

Related Posts

Leave a Reply

Your email address will not be published.