A Vendée Globe é a mais desafiadora regata de velejadores solitários ao redor do mundo. A competição consiste em dar a volta ao mundo, sozinho, em um barco a vela, sem assistência e nem escala. A regata que parte da província de Vendée, na França, tem a previsão de durar cerca de 3 meses. Pelo seu desafio, a regata também é conhecida como a “Everest dos Mares”. Confira, abaixo, o teaser do evento (em inglês).

 

Entenda um pouco melhor essa loucura

A primeira edição aconteceu devido ao descontentamento do francês Philippe Jeantot com o formato da regata Boc Challenge (atualmente Velux 5 Oceans), que era realizada em etapas. Ele queria organizar algo mais radical e, em 1989, nasceu a Vendée Globe, com uma proposta inovadora: desafiar seus participantes aos limites extremos. A ideia era colocar os velejadores para darem a volta ao mundo, sozinhos, sem paradas e nem assistência (!).

Vendée Globe, um desafio ao redor do mundo!

A primeira edição contou com 13 participantes, sendo que apenas 7 chegaram ao final. Com a passagem dos anos, o número de participantes aumentou, trazendo também velejadores de outros países. No entanto, até agora nenhum brasileiro se arriscou a participar da competição, que segue dominada pelos europeus, especialmente os franceses.

Largada da 7ª edição

A largada da regata 2012-2013 aconteceu no último sábado, 10 de novembro, na cidade de Les Sables-d’Olonne, situada na província de Vendée, que dá nome à competição. Esse ano a disputa conta com a participação de 20 corajosos velejadores, de 6 diferentes nacionalidades. Abaixo, o nome , o país, os barcos e a cara desses “loucos”:

Os corajosos velejadores!

No porto, a partida foi acompanhada por uma multidão que reunia amantes de esportes náuticos, velejadores, imprensa e curiosos. Pessoas interessadas em ver os competidores se despedindo da confortável vida em terra firme para uma rotina de solidão, mar, ventos e calmarias.

Mas, nem todos os velejadores estiveram presentes na largada: um dos competidores, o francês Bertrand acabou não podendo participar do início da prova, devido a problemas técnicos. Ele acabou entrando na regata com cerca de 12 horas de atraso.

Largada Vendee Globe 2012

Largada Vendee Globe 2012

O desafio

A partir do momento da largada, os próximos 3 meses de vida desses velejadores serão guiados pelos ventos e pelas forças da natureza, uma situação na qual o conhecimento técnico e dos limites físicos do corpo, associados a um forte controle emocional são a única receita que pode levar esses heróis a completarem a regata.

O desafio é tão grande que, para muitos deles, a maior vitória não é bater recordes ou chegar em primeiro lugar, o mais importante é simplesmente completar a prova. Em todas as edições desta regata não houve nenhuma na qual não tivessem desclassificações ou desistências. Na realidade, se for parar e calcular, cerca de 50% dos que inciaram as regatas, completaram ela. Não é uma média muito encorajadora!

Regata solitária pelo mundo

Vendée Virtual

Essa edição da regata traz uma inovação para quem curte o esporte mas ainda não tem condições de encarar os reais desafios do mar. Há um aplicativo para smatphones e tablets onde mais de 200 mil “velejadores” se inscreveram para participar da Virtual Race. Bom para quem quer apenas se divertir, sem sentir a força dos ventos e o gosto do sal.

Acompanhe a regata!

Curtiu? Achou esses velejadores muito loucos? Ficou interessado em acompanhar a jornada deles ao longo dos próximos três meses? Então fica ligado que o MundoCrux fará a cobertura dos principais momentos da regata pelo facebook.

About The Author

mm

Porto Alegrense, formada em turismo, amante da natureza e de qualquer aventura que apareça pela frente, desde que não tenha nenhum boi no meio do caminho. Seu objetivo de vida é perambular pelo mundo com uma mochila nas costas, uma máquina na mão e um bloquinho a tiracolo, registrando tudo que vê pela frente para depois compartilhar com outros aventureiros.

Related Posts

Leave a Reply

Your email address will not be published.